fbpx

Falar em I&D para muitos gestores ainda significa um processo rigoroso e de altos custos. Com sorte, surgiram os incentivos fiscais para auxiliar empresas a incrementarem inovação aos seus processos (independente do seu tamanho) e destacarem-se diante de um mercado tão competitivo.  

Neste artigo falaremos especificamente sobre um incentivo que se vem destacando por trazer resultados bastante positivos, de possibilitar que empresas recuperem até 82,5% dos investimentos feitos em I&D. 

Preparado?

Conheça o SIFIDE

O SIFIDE é um sistema de incentivo fiscal que tem como objetivo aumentar a competitividade das empresas apoiando o seu esforço em Investigação & Desenvolvimento através da dedução à coleta do IRC de uma percentagem das respectivas despesas de I&D (na parte não comparticipada a fundo perdido pelo Estado ou por Fundos Europeus).

O SIFIDE é um sistema de incentivo fiscal que tem como objetivo aumentar a competitividade das empresas apoiando o seu esforço em Investigação & Desenvolvimento através da dedução à coleta do IRC

Descomplicando:

  1. Através de um taxa base – 32,5% das despesas realizadas no ano da candidatura; 
  2. Através de uma taxa incremental – 50 % do acréscimo das despesas realizadas no ano da candidatura em relação à média aritmética dos dois exercícios anteriores, até um limite de 1.500.000 €.

Por exemplo: Se uma empresa tiver custos com a equipa de I&D de 100k€, e considerarmos que tem cerca de160k€ de despesas elegíveis totais, poderá usufruir de um benefício fiscal até 132k€, ou seja, uma redução do IRC a pagar de 132k€.

 O SIFIDE destina-se a quem?

Todas as pessoas passíveis de IRC, residentes em território português que exerçam, a título principal, uma atividade de natureza agrícola, industrial, comercial e de serviços e os não residentes com estabelecimento estável nesse território, que tenham realizado despesas com I&D.

Outros critérios também são:  ter despesas de  I&D não comparticipadas a fundo perdido; que o lucro tributável não seja determinado por métodos indiretos; e que não sejam devedores ao Estado e à segurança social de quaisquer contribuições, impostos ou quotizações.

Abaixo, listamos os principais benefícios de candidatar-se ao SIFIDE:

  • O SIFIDE pode contemplar projetos financiados, projetos internos da empresa – não sujeitos a incentivo , ou projetos de ambos os tipos, não existindo número máximo de projetos por SIFIDE;
  • No caso de projetos financiados, o benefício fiscal apenas incide na percentagem de investimento que não foi alvo de incentivo. Nos casos em que os projetos não são alvo de incentivo, às condições mantêm-se exatamente iguais;
  • Todas as despesas com atividades de I&D são elegíveis, excepto as despesas incorridas no âmbito de projetos realizados exclusivamente por conta de terceiros, nomeadamente através de contratos e prestação de serviços de I&D.

O SIFIDE destina-se a quem?

Como saber se a minha empresa está apta?

De duas formas simples:

  1. Participando do nosso webinar exclusivo sobre SIFIDE, clicando aqui.
  2. Acedendo direto ao simulador de SIFIDE da Approach, clicando aqui.

 

Candidatar-se não precisa de ser um processo complicado! Pode contar com o apoio de profissionais confiáveis e experientes no mercado para auxiliar no processo.

 

Conheça a Approach Consulting

A Approach faz um acompanhamento personalizado, maximizando os benefícios fiscais de cada empresa.

Para além dos projetos e incentivos financeiros a que se dedica a tempo mais integral, a Approach também presta serviços a empresas na realização de candidaturas e acompanhamento de projetos a programas mais específicos como: Programas de apoio às artes (DGARTES); SIAC (Portugal 2020), Comércio Investe (IAPMEI); Mar2020; Programas ao Fundo Ambiental, DLRR, entre outros;

Se o programa a que se pretende candidatar não se encontra aqui listado, por favor contacte-nos.

 

Deixe uma resposta